Skip to content

Belas mamães – como tratar os prejuízos estéticos da gravidez: Parte I – Estrias

14 de outubro de 2009

A dica de hoje foi dada pela Renata Velloso em seu blog.

Alterações na pele durante a gravidez são muito comuns. Vou começar falando das estrias porque é a alteração estética mais comum durante a gravidez atingindo 90% das mulheres.

Como continuar linda durante e depois da gravidez

Como continuar linda durante e depois da gravidez

Na gravidez as estrias aparecem principalmente na barriga, por razões óbvias, mas podem aparecer também nos seios (o que é bem comum também durante a adolescência) e em outras partes do corpo (principalmente se a pessoa engorda muito em um curto período de tempo).

As estrias são lesões causadas pela degeneração das fibras elásticas da pele que ocorrem por sua distensão exagerada ou devido a alterações hormonais. É como se o elástico da pele esticasse ao ser puxada muito forte.

Como evitar?

O surgimento das estrias depende de uma tendência pessoal. Algumas pessoas as desenvolvem mesmo com pouca distensão da pele e outras não desenvolvem estrias nem na gravidez, quando a distensão da pele é muito grande, portanto a genética é um fator muito importante, se a sua mãe tem estrias provavelmente você também não vai escapar.

De acordo com o site deramtologia.net recomenda-se a hidratação intensa da pele com cremes e loções hidratantes para tentar evitá-las, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias. Deve-se beber pelo menos 8 copos grandes de água por dia (2 litros) e evitar engordar demais e rapidamente, eliminando doces e gorduras da dieta e praticando exercícios físicos regularmente.

Eu usava durante a gravidez um produto delicioso da Clarins

Como tratar?

As estrias são lesões irreversíveis e portanto não existe um tratamento que faça a pele voltar ao que era antes. Os tratamentos visam melhorar o aspecto das lesões, estimulando a formação de tecido colágeno subjacente e tornando-as mais semelhantes à pele ao redor.

Até o parto e durante o período de amamentação o que os médicos costumam indicar, conforme o estudo sobre dermatoses na gestação são cremes hidratantes ou de algas marinhas com uréia a 5% e éster de vitamina C 0,05 a 1% para massagens diárias nos locais mais freqüentemente acometidos. Emolientes calmantes como a calamina podem também ser indicados se há coceira na região.

Depois desse período várias técnicas podem ser empregadas (leia mais aqui) entre elas:

  • Tratamento com ácidos
  • Peelings
  • Subcisão (subcision)
  • Dermoabrasão
  • Intradermoterapia
  • Laser
  • Luz intensa pulsada (IPL)

Estes são procedimentos médicos e apenas os médicos devem realizá-los, indicando o que for melhor de acordo com cada caso. Os melhores resultados costumam aparecer com a associação de mais de um método.

Para saber mais:

  • Uma matéria de 2005 da revista Boa Forma traz uma reportagem interessante com entrevistas com vários dermatologistas famosos a respeito do tratamento contra estrias. Vale a pena dar uma olhada.
  • No site do dermatologista Otavio Macedo, autor do livro A construção da beleza,  também tem uma parte interessante sobre estrias para quem quiser ler mais sobre o assunto.
Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: